Biovita Blog Informações importantes que vão ajudá-lo a
ter uma
saúde muito melhor!
27 Julho Sobre a Intolerância à Lactose

O QUE É INTOLERÂNCIA À LACTOSE?

Intolerância à Lactose é o termo utilizado para pessoas que não conseguem digerir produtos lácteos (leite e seus derivados). Esta impossibilidade de digestão geralmente ocorre em pessoas que não produzem a enzima lactase ou produzem-na em quantidade insuficiente para realizar a digestão da lactose. A maioria das populações têm uma perda progressiva da capacidade de absorção da lactose que inicia-se após os primeiros anos de vida.

 

O QUE É LACTOSE E LACTASE?

A Lactose é o açúcar do leite, um dissacarídeo que com a ação da enzima lactase, transforma-se em dois monosacarídeos: glucose e galactose. Estes carboidratos simples, após formados, são facilmente absorvidos pelo corpo. No entanto, a falta ou deficiência na produção da lactase faz com que a lactose chegue até o intestino delgado sem ser absorvida pelo organismo. Ela é fermentada por bactérias causando gases e sintomas típicos de indigestão.

 

QUAL É O TEOR DE LACTOSE EM UM COPO DE LEITE?

O leite de vaca, assim como todos os outros leites de origem animal, contém em média 5 gramas de lactose por cada 100 ml de leite. Assim, um copo de leite (250 ml) contém 12,5 g de lactose. O leite humano é o mais rico em lactose. Ele contém cerca de 7g de lactose por cada 100ml.

 

QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA INTOLERÂNCIA À LACTOSE?

Os sintomas mais comuns são a diarréia (ou à vezes constipação), distensão abdominal, gases, náusea e sintomas de má digestão. A severidade dos sintomas dependerá da quantidade de lactose ingerida assim como da quantidade de lactose que seu organismo tolera.

 

QUAIS SÃO OS TIPOS DE INTOLERÂNCIA À LACTOSE?

1) Deficiência congênita – por um problema genético, a criança nasce sem condições de produzir lactase (forma rara, mas crônica);

2)     Deficiência primária; diminuição natural e progressiva na produção de lactase a partir da adolescência e até o fim da vida (forma mais comum);

3)     Deficiência secundária; a produção de lactase é afetada por doenças intestinais, como diarreias, síndrome do intestino irritável, doença de Crohn, doença celíaca, ou alergia à proteína do leite, por exemplo. Nesses casos, a intolerância pode ser temporária e desaparecer com o controle da doença de base.

 

 

QUAIS SÃO OS TIPOS DE EXAMES EXISTENTES?

Além da avaliação clínica, o diagnóstico da intolerância à lactose pode contar com três exames específicos: teste de intolerância à lactose, teste de hidrogênio na respiração e teste de acidez nas fezes.

O primeiro é oferecido pelo SUS gratuitamente. O paciente recebe uma dose de lactose em jejum e, depois de algumas horas, colhe amostras de sangue para medir os níveis de glicose, que permanecem inalterados nos portadores do distúrbio.

O segundo considera o nível de hidrogênio eliminado na expiração depois de o paciente ter ingerido doses altas de lactose e o terceiro leva em conta a análise do nível de acidez no exame de fezes.

COMO TRATAR A INTOLERÂNCIA À LACTOSE

Intolerância à lactose não é uma doença. É uma carência do organismo que pode ser controlada com dieta e medicamentos. No início, a proposta é suspender a ingestão de leite e derivados da dieta a fim de promover o alívio dos sintomas. Depois, esses alimentos devem ser reintroduzidos aos poucos até identificar a quantidade máxima que o organismo suporta sem manifestar sintomas adversos. Essa conduta terapêutica tem como objetivo manter a oferta de cálcio na alimentação, nutriente que, junto com a vitamina D, é indispensável para a formação de massa óssea saudável. Suplementos com lactase e leites modificados com baixo teor de lactose são úteis para manter o aporte de cálcio, quando a quantidade de leite ingerido for insuficiente.

Pessoa que desenvolveu intolerância à lactose pode levar vida absolutamente normal desde que siga a dieta adequada e evite o consumo de leite e derivados além da quantidade tolerada pelo organismo.

REPOSIÇÃO DE CÁLCIO E VITAMINA D

Uma das maiores preocupações para pessoas com intolerância à lactose é adotar uma dieta que suplemente os nutrientes encontrados no leite, principalmente o cálcio. Cerca de 70% do cálcio da alimentação humana vêm do leite e seus derivados. Por esta razão, é importante, na medida do possível, manter uma dieta com ingestão de pelo menos alguns alimentos lácteos, mantendo uma quantidade que seja bem tolerada pelo seu organismo. Além disso, a vitamina D possui papel fundamental na absorção de cálcio. Por isso, é importante a orientação de um nutricionista para auxiliá-lo na readequação de seus hábitos alimentares.

 

Referências:

 

Tulla H. Lactose Intolerance. Journal of the American College of Nutrition, Vol. 19, No. 2, 165S–175S (2000)

 

International Foundation for Functional Gastrointestinal Disorders – www.iffgd.org

 

MATTAR, Rejane. MAZO, Daniel. Intolerância à lactose: mudanças de paradigmas com a biologia molecular. Revista da Associação Médica Brasileira, 2010; 56(2): 230-6

Comentários

Veja outras postagens

VER TODOS VER TODOS VER TODOS
Biovita na Comunidade! Biovita na Comunidade! Novembro Azul Novembro Azul Novidade! Estamos realizando exames genéticos pela Unimed. Novidade! Estamos realizando exames genéticos pela Unimed. Feagro! Estaremos presentes  divulgando análises veterinárias e ambientais! Feagro! Estaremos presentes divulgando análises veterinárias e ambientais! Saiba o que é e o que causa a microcefalia. Saiba o que é e o que causa a microcefalia. Outubro Rosa, nós abraçamos essa causa! Outubro Rosa, nós abraçamos essa causa! Novidade! O Biovita disponibiliza agora aos seus clientes um aparelho que facilita visualização da veia para coleta de sangue. Novidade! O Biovita disponibiliza agora aos seus clientes um aparelho que facilita visualização da veia para coleta de sangue. Equipe Biovita em clima de Natal! Equipe Biovita em clima de Natal! Quem tem gêmeo com câncer tem risco maior para a doença, diz estudo! Quem tem gêmeo com câncer tem risco maior para a doença, diz estudo! Planos de saúde terão prazos para atendimento e resposta a consumidor! Planos de saúde terão prazos para atendimento e resposta a consumidor! Nova Unidade de coleta Bairro Rio Bonito - Braço do Norte! Nova Unidade de coleta Bairro Rio Bonito - Braço do Norte! Foi antecipada a campanha de vacinação da rede pública de saúde. Foi antecipada a campanha de vacinação da rede pública de saúde. Dúvidas frequentes sobre os Exames Toxicológicos Dúvidas frequentes sobre os Exames Toxicológicos Estilo de vida e Câncer Estilo de vida e Câncer Quando o bebê se recusa a mamar. O que fazer? Quando o bebê se recusa a mamar. O que fazer? Sexagem Fetal Sexagem Fetal Grupo Biovita Inaugura sua 1ª Unidade do Laboratório Popular! Grupo Biovita Inaugura sua 1ª Unidade do Laboratório Popular! Inaugura hoje mais uma unidade do Laboratório Popular, estamos também agora no centro de Braço do Norte. Inaugura hoje mais uma unidade do Laboratório Popular, estamos também agora no centro de Braço do Norte. O Grupo Biovita deseja um abençoado Natal a todos e Feliz Ano Novo! O Grupo Biovita deseja um abençoado Natal a todos e Feliz Ano Novo! As dores das mulheres As dores das mulheres Novidade! Novidade! Carteirinha de Saúde para o setor alimentício! Carteirinha de Saúde para o setor alimentício! Sintomas de intolerância alimentar Sintomas de intolerância alimentar Sintomas, causas e tratamento da Hepatite Sintomas, causas e tratamento da Hepatite Coleta sem Dor Coleta sem Dor Tabagismo Mata 7,5 mil por ano Tabagismo Mata 7,5 mil por ano Santa Catarina terá projeto piloto para o recolhimento e destinação de animais mortos nas propriedades rurais. Santa Catarina terá projeto piloto para o recolhimento e destinação de animais mortos nas propriedades rurais. Mormo em Santa Catarina! Mormo em Santa Catarina! Gatos e grávidas: mitos e verdades! Gatos e grávidas: mitos e verdades! Coccidiose em bovinos e seus impactos na produção! Coccidiose em bovinos e seus impactos na produção! Cidasc orienta para obrigação do uso de brincos de identificação em bovinos e búfalos no Estado. Cidasc orienta para obrigação do uso de brincos de identificação em bovinos e búfalos no Estado. A importância dos exames laboratoriais em cães e gatos! A importância dos exames laboratoriais em cães e gatos! Praias devem ser evitadas para animais de estimação! Praias devem ser evitadas para animais de estimação! Complexo Tristeza Parasitária Bovina Complexo Tristeza Parasitária Bovina Sexagem de Aves por meio do DNA Sexagem de Aves por meio do DNA Aborto em vacas de leite: você já pensou em Neosporose? Aborto em vacas de leite: você já pensou em Neosporose? Infecção Urinária em Fêmeas Suínas Infecção Urinária em Fêmeas Suínas Prevenção Contra o Câncer de Mama em Animais de Companhia Prevenção Contra o Câncer de Mama em Animais de Companhia Controle das Variáveis Pré-analíticas: Qualidade para seus Resultados Controle das Variáveis Pré-analíticas: Qualidade para seus Resultados NOVIDADE!  NOVIDADE! Governo regulamenta exame toxicológico para motorista profissional. Governo regulamenta exame toxicológico para motorista profissional.